Diagnosis of gastrointestinal parasites in two commercial dog breeding systems.

O cão possui contato cada vez mais íntimo com o ser humano, tornando obrigatório o diagnóstico e estudo epidemiológico das populações parasitárias gastrintestinais, com atenção aos riscos que cada raça apresenta, conforme seu comportamento e chances de maior contaminação1, o que permiti traçar estratégias eficazes no controle dessas infecções, com programas de prevenção e manejo, evitando a contaminação ambiental e os riscos de zoonoses2. A profilaxia é a principal forma de evitar as doenças nos cães, visando um plano de bem estar completo, individualizado para cada raça e etapa da vida dos cães1,3. Várias espécies são observadas parasitando cães: Ancylostoma caninum, Cystoisospora canis, C. ohioensis, Giardia intestinalis, Toxocara canis, Trichuris vulpis, Dipylidium caninum, Taenia spp., Sarcocystis spp., Capillaria spp., Cyniclomyces guttulatus, Neospora caninum4,5,6,7, algumas delas são responsáveis por produzir doenças no homem4,7,8, sendo essa responsabilidade do Médico Veterinário9. É importante a associação de diferentes técnicas para o diagnóstico de múltiplas infecções4,5,6,7,9. A maior parte dos cães domiciliados defeca em locais públicos, contribuindo para a contaminação do ambiente, aliado a isso, há o comportamento característico racial, que determina diferentes chances de contaminação e dispersão das formas parasitárias1, visto que boa parte dos tutores não promove o descarte das fezes, necessitando cada vez mais de um manejo, higienização e combate aos ovos, larvas e oocistos no ambiente, através da utilização de desinfetantes10. A educação e orientação dos proprietários pelo médico veterinário, quanto à higiene e potenciais riscos são necessárias11.

O presente trabalho diagnosticou parasitos gastrintestinais em cães de dois canis, com atenção ao comportamento racial, ciclo biológico, técnica de diagnóstico, para que as estratégias de manejo sejam eficazes, protegendo a saúde animal e a propagação do meio ambiente e risco aos seres humanos.

Resumo: Dois canis foram avaliados através de exames de fezes, para parasitos gastrintestinais pelo exame direto e a técnica de flutuação em solução saturada de açucar. O canil da raça Golden Retrivier (GR), com 51 animais, onde foi possível observar 40 (93,0%) de cães parasitados por algum tipo de parasito gastrintestinal, Ancylostoma caninum em 31 cães (72,0%), Toxocara canis 16 (37,2%), Cystoisospora canis 5 (11,6%), Cyniclomyces guttulatus em 12 cães (27,9%), com associações parasitárias em 14 cães (32,5%). No segundo canil da raça Shih Tzu (ST), foi observado nas 58 amostras examinadas, A. caninum em um cão (1,7%) e C. ohioensis em três (5,1%). Concluindo-se que o diagnóstico e o conhecimento do ciclo biológico dos parasitos gastrintestinais das espécies diagnosticadas, considerando o comportamento racial do cão, são fundamentais para implementação do manejo correto, com controle das infecções parasitárias gastrintestinais.

Palavra-chave: Comportamento racial, Shih Tzu, Golden Retrivier, manejo, infecção parasitária.

Abstract: Two kennels were evaluated through fecal tests, for gastrointestinal parasites by direct examination and the technique of flotation in saturated sugar solution. The Golden Retrivier kennel (GR), with 51 animals, where it was possible to observe 40 (93.0%) of dogs parasitized by some type of gastrointestinal parasite, Ancylostoma caninum in 31 dogs (72.0%), Toxocara canis 16 (37.2%), Cystoisospora canis 5 (11.6%), Cyniclomyces guttulatus in 12 dogs (27.9%), with parasitic associations in 14 dogs (32.5%). In the second Shih Tzu (TS) kennel, A. caninum in one dog (1.7%) and C. ohioensis in three (5.1%) were observed in the 58 samples examined. It is concluded that the diagnosis and knowledge of the biological cycle of the gastrointestinal parasites of the species diagnosed, considering the dog’s racial behavior, are fundamental for the implementation of the correct management, with control of the gastrointestinal parasitic infections.

Key words: Racial behavior, Shih Tzu, Golden Retriever, management, parasitic infection.

O artigo esta disponível em Congresso ANCLIVEPA RIO Revista Clínica Veterinária

Clínica Veterinária CTI Veterinário

Paulo Daniel Sant’Anna Leal, BMV, MSc, Dr. CsVs, CNPq.br/Lattes
Coordenador Técnico do Centro de Terapia Intensiva e Emergência Veterinária
Médico-Veterinário, Mestre-MSc e Doutor-DScV, Membro da Academia de Medicina Veterinária do Estado do Rio de Janeiro.  Pós Doutorando Curso de Pós-Graduação de Ciências Veterinárias.  Anexo 1, Instituto de Veterinária, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ). BR 465 km 7. Campus Seropédica, 23.890-000, RJ. E-mail: ctivet@ctiveterinario.com.br

Paulo LealDiagnosis of gastrointestinal parasites in two commercial dog breeding systems.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *