Cholecystectomy for treatment of cholangitis by Cyniclomyces guttulatus and diagnosis in a female dog – case report

As doenças que acometem o sistema hepatobiliar em cães, em particular as obstruções do sistema biliar, ocorrem quando há obstrução no fluxo normal da bile, devido a diversas causas. Em geral, são achados de exame de imagem1 e implicam em sinais clínicos inespecíficos, frequentemente discretos, temporários e recidivantes, se manifestam através de icterícia, quando material lodoso ou cálculos causam a obstrução do ducto biliar2,3, com sinais clínicos de episódios de vômitos, depressão, perda de peso, febre, desidratação, fezes acólicas e dores abdominais associadas à colecistite, colangiohepatite ou obstrução do ducto biliar3,4. Entre os agentes etiológicos envolvidos, os fungos podem ser observados2,3, dentre as infecções fúngicas, a presença de um ascomiceto do gênero Cyniclomyces foi assinalada recentemente em fezes de cães6,7,8,9,10,11 e estômago4,9.  As únicas publicações associadoas a colangite e colangiohepatite em cães, para estabelecer C. guttulatus como agente causador, foram relatadas em três cães, onde foi observada a presença de C. guttulatus associado a colangiohepatite2,10, sendo que o seu diagnóstico foi  baseado na identificação microscópica, no isolamento através de cultivo e no sequenciamento do DNA desta espécie encontrada no Brasil4,9.

O objetivo deste trabalho foi confirmar a ciniclomicose como agente causador de colangiohepatite e apresentar tratamento através da técnica cirúrgica como método eficiente da colangite por ciniclomicose isento da utilização de antifúngico.

Resumo: As células vegetativas de um ascomi­ceto, morfologicamente semelhantes às descrições anteriores de Cyniclomyces guttulatus foram ob­servadas sobre a superfície da mucosa da vesícu­la biliar, de uma cadela portadora de colangiohepatite e hipertrofia da vesícula biliar. O diagnóstico de colangite biliar foi confirmando pelo exame de imagem e de al­terações nas enzimas hepáticas. O diagnóstico da colangite por Cyniclomyces guttulatus foi através da colecistectomia, assim como o tratamento, sem a utilização de antifúngicos sistêmicos.

Palavras chaves: Cyniclomyces guttulatus, cholangiohepatitis, cholecystectomy, cão.

Abstract: The vegetative cells of an ascomycete, morphologically similar to the earlier descriptions of Cyniclomyces guttulatus, were collected on the surface of the gallbladder mucosa, a cholangiohepatitis-bearing bitch, and gallbladder hypertrophy. The diagnosis of biliary cholangitis was confirmed by imaging examination and alterations in liver enzymes. The diagnosis of cholangitis by Cyniclomyces guttulatus was through cholecystectomy, as well as treatment, without the use of systemic antifungal agents.

Keywords: Cyniclomyces guttulatus, cholangiohepatitis, cholecystectomy, dog

O artigo esta disponível em Congresso ANCLIVEPA RIO Revista Clínica Veterinária

Clínica Veterinária CTI Veterinário

Paulo Daniel Sant’Anna Leal, BMV, MSc, Dr. CsVs, CNPq.br/Lattes
Coordenador Técnico do Centro de Terapia Intensiva e Emergência Veterinária
Médico-Veterinário, Mestre-MSc e Doutor-DScV, Membro da Academia de Medicina Veterinária do Estado do Rio de Janeiro.  Pós Doutorando Curso de Pós-Graduação de Ciências Veterinárias.  Anexo 1, Instituto de Veterinária, Universidade Federal Rural do Rio de Janeiro (UFRRJ). BR 465 km 7. Campus Seropédica, 23.890-000, RJ. E-mail: ctivet@ctiveterinario.com.br

Paulo LealCholecystectomy for treatment of cholangitis by Cyniclomyces guttulatus and diagnosis in a female dog – case report

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *