Esporotricose! Doença negligenciada do gato, cão e seres humanos.

A esporotricose é infecção fúngica, uma micose, profunda com manifestação cutânea, causada pelo fungo dimórfico Sporothrix schenkii, que está incluindo no chamado complexo Sporothrix schenkii. Este complexo é composto pelas seguintes espécies: S. albicans, S. brasiliensis, S. globosa, S. luriei, S. mexicana e S. schenckii. A infecção é causada por inoculação traumática, arranhadura ou mordedura, pela inoculação na pele ou …

ctiveterinarioEsporotricose! Doença negligenciada do gato, cão e seres humanos.

Síndrome do gato paraquedista ou high-rise syndrome in Cats

Na rotina clínica, um dos atendimentos na medicina de felinos mais comuns são devidos a trauma, são em decorrência dos acidentes em áreas urbanas, automobilísticos e especialmente, onde existem edifícios, são as quedas de varandas, janelas, telhados, entre outros. Na gíria linguística estes casos são designados de “síndrome do gato paraquedista” ou “high-rise syndrome in Cats”, termo usado para descrever …

ctiveterinarioSíndrome do gato paraquedista ou high-rise syndrome in Cats

Dipilidiose é zoonose e merece atenção!

O Dipylidium caninum (Eucestoda: Dilepidiidae) é uma zoonose negligenciada, merece atenção por expor seres humanos e animais, confirma a presença de ectoparasitos no ambiente necessários ao ciclo da dipilidiose, vetores estes, com potencial de transmissão de outras enfermidades. D. caninum está taxonomicamente localizado no gênero Dipylidium, família Dilepidiidae, ordem Cyclophyllidea e subclasse Eucestoda. As infecções humanas por D. caninum são raras, maior …

ctiveterinarioDipilidiose é zoonose e merece atenção!

Ancilostomose por Ancylostoma caninum é uma zoonose e deve receber atenção!

O estudo epidemiológico das populações parasitárias em animais de companhia nos permite traçar estratégias mais eficazes no tratamento e controle dessas populações, devido ao fato da maior parte destes Pets terem o hábito de defecar em jardins ou ruas, o que pode contribuir para a contínua contaminação do ambiente, visto que boa parte dos proprietários não promovem o correto descarte dessas …

ctiveterinarioAncilostomose por Ancylostoma caninum é uma zoonose e deve receber atenção!

Raiva! Doença letal, o que precisamos saber?

A raiva é uma encefalite aguda, progressiva, causada por um vírus RNA da família Rhabdoviridae, do gênero Lyssavirus, que possui, atualmente, 7 genótipos. No Brasil apenas o genótipo 1 (Rabies virus – RABV) foi identificado. Esta zoonose é transmitida ao homem, principalmente, pela mordedura de animais infectados que eliminam o vírus.  Outras vias de transmissão da raiva são raras, embora tenham de …

ctiveterinarioRaiva! Doença letal, o que precisamos saber?

Hiperadrenocorticismo em cães! o que você precisa saber

Os animais de companhia estão integrados às famílias de forma íntima e bastante afetiva, o que permite uma maior qualidade de vida por se beneficiarem, através do zelo de seus tutores, dos avanços disponíveis na medicina veterinária. Por consequência, tem-se promoção da longevidade que está, intimamente, associada ao aumento na incidência de doenças onde a idade é fator de risco, …

ctiveterinarioHiperadrenocorticismo em cães! o que você precisa saber

Importância do trauma físico na clínica de animais de companhia!

O trauma é considerado uma importante causa de encaminhamento de animais de estimação ao atendimento médico veterinário em todo o mundo, é o causador de lesão tecidual que ocorre de forma aguda como resultado de violência ou acidente, responsável por iniciar alterações no eixo hipotalâmico-hipófise-adrenal, imunológicas e respostas metabólicas com o objetivo de restaurar a homeostase, consequentemente lesão tecidual e hemorragia. …

ctiveterinarioImportância do trauma físico na clínica de animais de companhia!

Platinosomíase! Doença oculta dos felinos que necessita ser diagnosticada.

As doenças hepáticas dos felinos são um dilema para o médico veterinário, de várias etiologias, que vão desde tumores até obstruções, passando por toxemias ou parasitoses. Os parasitos externos e internos de animais de companhia podem causar doenças graves, levando o animal a apresentar aspecto esteticamente indesejável, além de serem, muitas vezes, transmissíveis aos seres humanos. Dentre as parasitoses, a …

ctiveterinarioPlatinosomíase! Doença oculta dos felinos que necessita ser diagnosticada.

Toxocaríase! Um alerta para a saúde pública.

As principais causas de morte em cães são as doenças infectoparasitárias, principalmente parvovirose, cinomose e parasitos gastrintestinais. Várias espécies de parasitos gastrintestinais já foram assinaladas parasitando cães, tendo a diarreia como a mais frequente manifestação clínica, os mais comuns são: Ancylostoma caninum, Cystoisospora canis, Cystoisospora ohioensis, Giardia duodenalis, Toxocara canis, T. cati, Trichuris vulpis, Dipylidium caninum, Taenia spp., Sarcocystis spp., Capillaria …

ctiveterinarioToxocaríase! Um alerta para a saúde pública.

Tritrichomonas foetus, um importante agente etiológico na medicina de felinos!

Vários agentes etiológicos são responsáveis por sinais gastrintestinais nos felinos, sendo o exame de fezes o primeiro método para um diagnóstico preciso e tratamento eficaz. Os parasitos são diversos e na maioria das vezes ocorrem de forma concomitante, principalmente nos animais jovens, Toxocara spp., Toxocaris spp., Ancilostoma spp., Platynosomum illiciens, Dipylidium caninum, Taenia spp.; Giardia spp., Cystoisospora felis, C. rivolta e Tritrichomonas foetus. …

ctiveterinarioTritrichomonas foetus, um importante agente etiológico na medicina de felinos!