Urolitíase ou cálculos das vias urinárias na rotina clínica de cães e gatos*

Cálculos ou urolitíase são formações de precipitados em forma sólida das vias urinárias, podendo assumir diversos tamanhos e formas. A maioria dos urólitos são encontrada na bexiga ou uretra, e seu aparecimento está relacionada a fatores dietéticos e não dietéticos (espécie, raça, idade, sexo, infecções do trato urinário, porte) ou a associação destes, proporcionando maior fator de risco para o …

Paulo LealUrolitíase ou cálculos das vias urinárias na rotina clínica de cães e gatos*

Síndrome do gato paraquedista ou high-rise syndrome in Cats

Na rotina clínica, um dos atendimentos na medicina de felinos mais comuns são devidos a trauma, são em decorrência dos acidentes em áreas urbanas, automobilísticos e especialmente, onde existem edifícios, são as quedas de varandas, janelas, telhados, entre outros. Na gíria linguística estes casos são designados de “síndrome do gato paraquedista” ou “high-rise syndrome in Cats”, termo usado para descrever …

ctiveterinarioSíndrome do gato paraquedista ou high-rise syndrome in Cats

Ancilostomose por Ancylostoma caninum é uma zoonose e deve receber atenção!

O estudo epidemiológico das populações parasitárias em animais de companhia nos permite traçar estratégias mais eficazes no tratamento e controle dessas populações, devido ao fato da maior parte destes Pets terem o hábito de defecar em jardins ou ruas, o que pode contribuir para a contínua contaminação do ambiente, visto que boa parte dos proprietários não promovem o correto descarte dessas …

ctiveterinarioAncilostomose por Ancylostoma caninum é uma zoonose e deve receber atenção!

Raiva! Doença letal, o que precisamos saber?

A raiva é uma encefalite aguda, progressiva, causada por um vírus RNA da família Rhabdoviridae, do gênero Lyssavirus, que possui, atualmente, 7 genótipos. No Brasil apenas o genótipo 1 (Rabies virus – RABV) foi identificado. Esta zoonose é transmitida ao homem, principalmente, pela mordedura de animais infectados que eliminam o vírus.  Outras vias de transmissão da raiva são raras, embora tenham de …

ctiveterinarioRaiva! Doença letal, o que precisamos saber?

Platinosomíase! Doença oculta dos felinos que necessita ser diagnosticada.

As doenças hepáticas dos felinos são um dilema para o médico veterinário, de várias etiologias, que vão desde tumores até obstruções, passando por toxemias ou parasitoses. Os parasitos externos e internos de animais de companhia podem causar doenças graves, levando o animal a apresentar aspecto esteticamente indesejável, além de serem, muitas vezes, transmissíveis aos seres humanos. Dentre as parasitoses, a …

ctiveterinarioPlatinosomíase! Doença oculta dos felinos que necessita ser diagnosticada.

Vírus da imunodeficiência felina (FIV) e da leucemia felina (FeLV), o que precisamos saber?

O vírus da imunodeficiência felina (FIV) e o vírus da leucemia felina (FeLV) pertencem à família Retroviridae e acometem gatos domésticos e selvagens em todo o mundo. FeLV é um Retrovirus RNA, transmitido de um gato para outro, através da saliva, secreções nasais e lacrimais, leite, urina e fezes de gatos portadores, podendo ser totalmente assintomáticos.  A principal forma de contaminação …

ctiveterinarioVírus da imunodeficiência felina (FIV) e da leucemia felina (FeLV), o que precisamos saber?

Toxocaríase! Um alerta para a saúde pública.

As principais causas de morte em cães são as doenças infectoparasitárias, principalmente parvovirose, cinomose e parasitos gastrintestinais. Várias espécies de parasitos gastrintestinais já foram assinaladas parasitando cães, tendo a diarreia como a mais frequente manifestação clínica, os mais comuns são: Ancylostoma caninum, Cystoisospora canis, Cystoisospora ohioensis, Giardia duodenalis, Toxocara canis, T. cati, Trichuris vulpis, Dipylidium caninum, Taenia spp., Sarcocystis spp., Capillaria …

ctiveterinarioToxocaríase! Um alerta para a saúde pública.

Tritrichomonas foetus, um importante agente etiológico na medicina de felinos!

Vários agentes etiológicos são responsáveis por sinais gastrintestinais nos felinos, sendo o exame de fezes o primeiro método para um diagnóstico preciso e tratamento eficaz. Os parasitos são diversos e na maioria das vezes ocorrem de forma concomitante, principalmente nos animais jovens, Toxocara spp., Toxocaris spp., Ancilostoma spp., Platynosomum illiciens, Dipylidium caninum, Taenia spp.; Giardia spp., Cystoisospora felis, C. rivolta e Tritrichomonas foetus. …

ctiveterinarioTritrichomonas foetus, um importante agente etiológico na medicina de felinos!

Porque todo tutor deve levar seu Pet no veterinário?

Adquirir um animal de companhia é uma ação de muita responsabilidade, compromisso e obrigações de longo prazo, graças a evolução da medicina veterinária, os animais de companhia vem ganhando longevidade, com uma maior qualidade de vida, por isso, todo tutor ou família antes de adquirir um Pet, deveria avaliar o desejo com um profissional médico veterinário, conhecer sobre cada espécie, raça …

ctiveterinarioPorque todo tutor deve levar seu Pet no veterinário?

Importância do diagnóstico das doenças concomitantes nos Pets!

Diversas patologias acometem os cães e gatos. Deve-se ter atenção no histórico, na epidemiologia, nas afecções que são possíveis de acometer a espécie e a faixa etária, assim como as raças. O diagnóstico deve ser baseado nas manifestações clínicas das enfermidades, suas interpretações associadas ao exame clínico propriamente dito, e a dificuldade pelos vários agentes etiológicos que podem causar doença no cão, inclusive …

ctiveterinarioImportância do diagnóstico das doenças concomitantes nos Pets!